Ilustração. Foto: Pixabay
em

Um cotidiano insuportável

Eu vivo em uma realidade que nada mais me surpreende

Como é bom conversar com gente que tem o conhecimento das coisas… uma pessoa culta e intelectual eleva o nível da conversa. Gente que tem argumentos para tudo que você perguntar; gente que sabe fazer qualquer conversa chata se tornar interessante…

Eu fico pensando em como as pessoas têm se tornado tão insuportáveis nos dias atuais. São tantos pensamentos insanos, tantas ideias absurdas e diversas ideologias erradas. Não que eu queira que todos concordem com o que eu penso, mas apenas que estudem e revejam seus conceitos e suas ideologias assim como eu faço todos os dias.

Será que essas pessoas não se questionam? “Será que estou certo? No que acredito? Estou defendendo uma causa certa?” Quando se trata de ideologias tudo é tão complexo e a gente muitas vezes se depara com situações revoltantes que não passa de pura ignorância, falta de estudos e de informação.

A liberdade de expressão permite vivermos em um mundo interconectado, com os meios de comunicação de massa se expandindo cada vez mais, alcançando grandes números de pessoas, e com isso, as redes sociais são usadas como uma ferramenta importante quando se tem boas intenções e perigosa quando usada para o mal.

Você consegue identificar o que é fato ou fake nas redes sociais? São poucas pessoas que têm essa capacidade de checar os fatos, fazer comparação e investigar se a notícia é real. Até mesmo nós profissionais da mídia, às vezes encontramos dificuldades no processo de verificação dos fatos. Como é o caso de um jornalista conhecido meu que faz da sua página no Facebook uma “agência de fake news” e propagação de ideologia errada. Compartilha tudo o que ver, sem ao menos checar a fonte. Isso é feio para um jornalista, mas é daí que sai as conversas chatas que somos obrigados a vivenciar no decorrer do nosso dia a dia.

Gente influenciada por esse tipo de gente que fala tudo que ouve e que compartilha tudo que ver sem pensar no mal que isso fará tanto para sua imagem pessoal, profissional ou para outras pessoas que irão absorver essa notícia falsa e repassá-la para outras pessoas. Isso é desinformação! Não é bom pra ninguém e pode destruir pessoas, empresas ou até mesmo gerar um processo. É preciso ter cuidado com isso.

Eu vivo em uma realidade que nada mais me surpreende. Cada um com suas ideias, cada um com seu pensamento, cada um com sua opinião. Mesmo estando certo ou errado. Emite sua opinião. (É Democracia! É maravilhoso), mas quem está certo ou errado quando se trata de “ideologia”? Cada um defende o que quiser ou o que julgar que é certo, cada pessoa tem o livre arbítrio para isso, apenas não argumente com base em informações inverídicas como tenho presenciado nas redes sociais e no cotidiano.

A questão é saber o que falar, do que está falando, ter uma causa a defender. E a fonte para isso é conhecer a história… os pensamentos ideológicos; criar argumentos com base no que adquiriu ao longo dos estudos e não sair por aí como um “papagaio ambulante” repetindo o que os outros dizem só porque acha bonito ou é tentador. Isso é idiotice e atitude de gente primitiva. Basta! Um outro erro é o pensamento de que a educação brasileira é uma fonte de doutrinação ideológica e religiosa. Isso é um absurdo! Mas, vou deixar esse assunto para uma outra ocasião.

Talvez se esses pobres ignorantes tivessem um pouco mais de curiosidade sobre as coisas e corressem atrás da verdade “absoluta”, procurassem onde quer que seja, fontes de informações verídicas para preencherem “suas mentes vazias”, aí sim, estariam fazendo algo de útil ao invés de passarem vergonha transmitindo uma imagem de “idiotas” para o exterior, e de envergonhar uma boa parte dos brasileiros, inclusive a mim.

Agora reflita este pensamento:

“Nunca haverá uma verdade absoluta e nem uma certeza de que aquele pensamento é a solução de algo. Pode até fazer alguma diferença, se tornar melhor ou pior, mas nunca será a solução. Ideologias são pensamentos que dividem pessoas e nações, blocos econômicos e interesses pessoais. E onde tem gente, sempre haverá erros e acertos… e nesse jogo, sempre existirá ganância e busca pelo poder que impede qualquer nação de progredir. Pode até dar certo por um tempo, mas não dura para sempre.”

*Os comentários não representam a opinião do blogue, a responsabilidade é do autor da mensagem. Antes de comentar, leia os Termos e Condições de Uso.

Deixe sua opinião

arma de fogo, gun-3603731_1280

Arma de fogo – um pensamento errado!