em

Quedas de energia em Tabocas do Brejo Velho

Falta energia até se “um cachorro mijar no poste” dizem os moradores da cidade

Rede monofásica bairro Taboquinhas. Foto: Arquivo/Folha Geral

Choveu, acabou a luz. É normal a falta de energia elétrica em tempos chuvosos, alguns fatores como queda de árvores e raios podem resultar nisso, mas em Tabocas do Brejo Velho, Oeste da Bahia, falta energia até se “um cachorro mijar no poste” como dizem os moradores da cidade. E sempre que alguém entra em contato com a central de atendimento ao cliente da Coelba (Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia), são repassadas as informações de queda de canela ou problema com raios, muitas vezes estando fora dos períodos de chuvas.

As quedas de energia ocorrem com uma determinada frequência e com duração de 1 a 2 minutos, porém, em algumas ocasiões, foi registrado falta de energia por mais de 20 minutos, conforme os registros apurados pela Folha Geral desde o início deste ano:

Quedas de energia elétrica em Tabocas do Brejo Velho 2019

28/01 4 quedas
03/02 2 quedas
04/02 falta de energia por mais de 20 minutos
05/02 2 quedas
23/02 1 queda
25/02 2 quedas
15/03 4 quedas
23/03 1 queda
30/03 1 queda
06/04 2 quedas
10/04 1 apagão
21/04 4 quedas
29/08 1 queda
05/10 1 queda
18/10 1 queda
21/10 1 queda / 1 apagão por mais de 3 horas
22/10 2 quedas
26/10 1 queda
07/11 5 quedas
16/11 1 queda
17/11 3 quedas

Fonte: Folha Geral

Bairro Taboquinhas

Já no bairro Taboquinhas o problema é maior. Além ser afetado pelas quedas de energia, uma parte do bairro é alimentado por uma rede monofásica (constituída apenas de uma fase elétrica e um neutro) que não está fornecendo energia suficiente para as residências, causando picos, quedas e apagões e ninguém faz nada. Os moradores não têm coragem de exigir seus direitos, a prefeitura não faz nada e a Coelba continua fornecendo energia de péssima qualidade.

Procurei o Secretário Municipal de Infraestrutura para se posicionar, mas não o encontrei. É curioso existir uma secretaria sem endereço. Também procurei três vezes a assessoria de imprensa da Coelba, sendo que na última, falei pessoalmente com a assessora que me garantiu enviar um relatório, mas até a conclusão deste artigo, não o fez.

A Coelba tem a obrigação de prestar esclarecimentos sobre as quedas de energia que afetam toda a cidade, mas prefere ignorar a imprensa.

Parabéns Coelba 👎👎👎

Adamy Gianinni

Jornalista, blogueiro, fotógrafo, universitário, flamenguista de ❤ e escritor iniciante.
Saiba mais: https://adamy.blog/um-pouco-de-mim/

PUBLICIDADE
*Os comentários não representam a opinião do blogue, a responsabilidade é do autor da mensagem. Antes de comentar, leia os Termos e Condições de Uso.

Deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Sessão Plenária do dia 26 de setembro de 2019 no STF. Foto: Nelson Jr/SCO/STF

Prisão após condenação em segunda instância cai: o que diz a Constituição?

Denúncia contra Glenn Greenwald afronta à liberdade de imprensa